Jun 18, 17

Como eu enrolei pra fazer esse post, meu deus. Viajei pra Dubai no final de Abril por sete dias e desde então não tive a paciência necessária pra sentar aqui e escrever, mas aqui estamos! Apesar de eu ter muitas opiniões sobre Dubai, vou me reservar e tentar não fazer textão.

A cidade é super nova e não tem 100 anos – o que é quase inacreditável devido ao quão desenvolvida Dubai é. Habitada por quase 3 milhões de pessoas, esses habitantes são por grande maioria imigrantes, sendo a maioria desses de origem Indiana, Paquistanesa e Bangladeshi – apenas 17% da população é nativa. A cidade é praticamente conduzida por imigrantes. Do faxineiro ao garçom. Da cozinheira até a babá. Do engenheiro até o pedreiro que ajudou erguer aqueles prédios enormes.

Eu sou imigrante e se tem um assunto de qual eu tenho propriedade pra falar É DESSE. A primeira coisa que eu reparei MINUTOS após sair do aeroporto, foi o quanto esses mesmos imigrantes são mal tratados. É uma coisa descarada, absurda e arcaica. No conforto do carro com ar condicionado eu vi gente trabalhando sob um sol de 44 graus em uma cidade construída no meio do deserto.

Lorem ipsum dolor sit amet.
Lorem ipsum dolor sit amet.

Eu me senti extremamente incomodada em Dubai. Me senti incomodada porque ali eu era a turista, a que estava confortável tomando uns bons drinks no restaurante, mas na real sabia que se eu tivesse balançado no saco errado seria eu ali sendo maltratada pelas madames. Não dava pra fazer vista grossa e fingir que eu não sabia MUITO BEM o que esse povo sofre, então o tempo inteiro que eu estive lá eu tive uma sensação de estar fazendo algo errado, uma culpa, sei lá. Se a vida pra gente já é difícil aqui no UK imagina num lugar desse, onde as leis que protegem os trabalhadores são praticamente não-existentes?

Dubai - Uai Babi

Deixa eu só lembrar que essa regra de imigrante ser tratado mal só se aplica se você NÃO FOR branco/europeu, tá? Se você for um expat alemão tá de boa porque provavelmente é patrão. Se for imigrantezão mesmo cê tá na bosta.

Não me levem a mal, a cidade em si é bem bonita. Viajar só pra ver arranha-céu não é meu estilo, mas tenho que admitir que Dubai tem sua beleza. Fiquei hospedada na casa de amigos e pude ver bem de perto como é o dia-a-dia de quem mora e trabalha lá. Mesmo que todo mundo evite sair de casa antes do sol ir embora e NINGUÉM ande de transporte público (só turista e os trabalhadores com poder aquisitivo bemmm menor), consegui aproveitar bem e cobri praticamente todos os pontos turísticos de lá. Fiz até um safari no deserto! Também passei um dia em Abu Dhabi, mas não tirei nenhuma foto :(

Resumo da ópera: A cidade é bonita mas trata muito mal a mão de obra. Não sei se eu voltaria.

Jun 14, 15
Turistando: Stonehenge e Old Sarum
Apr 26, 15
Turistando em Brick Lane
Jan 02, 14
Passeio em Windsor



  • 18 . 06 . 2017

    Nossa, eu estou chocada, primeiro que nao sabia que tinham tantos imigrantes em Dubai, segundo por eles serem tratados tao mal de forma tao descarada, ainda mais sendo as pessoas que construíram e mantém o lugar!!!
    Ser imigrante nao é fácil em lugar nenhum, eu sou imigrante também e sei como é. Mas eu vejo que ser imigrante aqui (na Alemanha pelo menos), é viver num lugar onde todo mundo finge que imigrantes sao tratados super bem e sao bem-vindos (e tem muito imigrante que nao nota o contrário, aliás). Sabe aqueles probleminhas por baixo dos panos? Aquelas coisinhas discretas que você fica pensando se é da sua cabeca ou é real? Pois é. Claro que sempre tem quem passe por situacoes bem descaradas, mas acho que essas situacoes nao sao a maioria, na real a gente vive num mundinho onde fingem que somos bem-vindos. Nao que no Brasil seja muito diferente, porque brasileiro trata muito bem imigrante norte-americano e europeu. Mas como tratam os latino-americanos, africanos e haitinos? A coisa muda completamente.

    Nossa, enfim, esse papo de ser imigrante dá pano pra manga…

  • 18 . 06 . 2017

    é aquilo: a cidade é linda, os prédios modernos e luxuoso são lindos, mas não dá pra fechar os olhos pra realidade de quem trabalhou pra construir isso e não tem dinheiro, né? eu acho dubai interessante pela arquitetura, mas acho que me sentiria como você se um dia visitasse. é foda.

    • 18 . 06 . 2017

      Não dá mesmo, K. Uma falta de empatia e respeito fingir que nada de errado acontece ali e que a cidade é um paraíso! Estamos em 2017, difícil acreditar que essas coisas ainda acontecem…

  • 18 . 06 . 2017

    Eu fico imaginando se na base desse tipo de maus tratos que a cidade é “fenomenal” como é hoje. Pensa, Babi! São construções bilionárias, e os funcionários e trabalhadores recebem uma mixaria. Assim é fácil manter a riqueza, né. :( As fotos são lindíssimas, o lugar é lindíssimo, mas também acho que não iria para Dubai só pra ver arranha-céus — ainda mais agora que tive a confirmação que tudo isso envolveu mão de obra desvalorizada (praticamente escrava).

    Obrigada pela sinceridade ♥ Todos os posts que vi de viagens à Dubai são de gringos que acham tudo mil e uma maravilhas. Nunca vi alguém falando da realidade do lugar!

    Beijocas! ;*

    • 18 . 06 . 2017

      Justamente, Aninha! Não entra na minha cabeça como pode um país tão rico ser tão antiquado nessas questões. O único lugar que encontrei refúgio pra falar disso foi aqui mesmo, já que todas as pessoas que eu contei isso me olharam com a cara torta. O que eu vi por lá eu nunca vi em lugar nenhum do mundo — já imaginou ver um carro de OURO (literalmente) estacionado na rua, como se fosse algo super normal? Umas coisas muito absurdas acontecem por lá, contando ninguém acredita aoiuehaoie

      Bêjj :*

  • 18 . 06 . 2017

    Oi Babi, tudo bem?
    Achei interessante você ter comentado sobre as suas impressões além da beleza de Dubai. Tenho três colegas de empresa que viajaram a trabalho por lá (mão de obra cara, no caso) e eles trouxeram uma visão mais romântica da cidade, num sentido de modernidade e locais bacanas para sair/trabalhar. Sinceramente, eu não sei se quero conhecer Dubai algum dia. Mas tenho que dizer: amei as fotos do post!

    Um beijo!

    • 18 . 06 . 2017

      Ei Thaís! Então, tem quem goste. Eu tenho um amigo que vai pra Dubai à lazer 2 vezes por ano (não sei como ele não cansa), mas não vejo romance naquele calorão do capiroto, hahaha. E é moderna mesmo! Entendo que ás vezes as pessoas ficam tão deslumbradas com a cidade que não percebem as coisas que acontecem por debaixo dos panos. Eu moro fora há bastante tempo, então quando viajo virou costume reparar em como é a vida dos imigrantes e em como eles são tratados.

      Acho que Dubai é um lugar bom pra entender um pouco dos costumes do Oriente Médio, já que é um país bem tolerante aos costumes ocidentais. Por mais que eu não volte, acho que recomendaria que as pessoas fossem ao menos uma vez na vida pra ver o quão doido esse mundo ainda é (e pra ter aquele choque cultural básico que de vez em quando faz bem, hahaha)

      Bêjj :*

  • 18 . 06 . 2017

    Interessante o seu ponto de vista sobre a cidade Babi. Eu sigo uma porrada de gente (no snap e no insta) que mora por lá, a maioria são comissários da Emirates, e eles tocam muito nessa questão, mas eles são a mão de obra cara, não passam por isso. Se aqui no UK já é difícil pra nós que somos imigrantes, fico imaginando pra eles lá! Eu tenho vontade de conhecer o lugar, adorei as suas fotos do deserto!

    • 18 . 06 . 2017

      Então, pra mim os expats (me referindo à mão de obra cara) gostam muito de ostentar. Mulheres com roupas e bolsas caríssimas que não se dão ao esforço de abrir uma porta levando um estilo de vida que a gente não vê nem aqui na Europa. Tudo bem a pessoa arrumar um emprego ótimo em outro país, mas não precisa agir como se fosse a última coca-cola do deserto.

      É como eu disse em outro comentário ali em cima: É bom ir pra conhecer e ver de perto como as coisas funcionam nessa parte do mundo.

      Bêjj :*

  • 18 . 06 . 2017

    É ruim ver pessoas sendo tratadas mal, eu também me sentiria incomodada, é horrível. Eu não conhecia muito sobre a cidade.. depois dessa postagem fiquei sabendo um pouco.. Mas, em si a cidade é linda.

    • 18 . 06 . 2017

      É terrível, Dani. Principalmente quando você tá de mãos atadas em um país onde nem o idioma você sabe falar!

      Beijo :*

  • 18 . 06 . 2017

    Nossa adorei o que acabei de ler aqui neste site, muito interessante recomendo este site gente.
    Parabéns.

  • 18 . 06 . 2017

    Sempre ouvi falar isso mesmo sobre os Emirados, imigrantes mais pobres sendo tratados como lixo. São eles que ajudam a erguer as duas grandes cidades: Dubai e Abu Dhabi. Imagino que se passando 1 semana já incomodou, imagine morar num lugar desses? Prefiro muito mais a cultura e história da Europa do que o luxo e ostentação de Dubai… Também não sou dessas que gosta de viajar para ver prédios, a não ser que ali tenha realmente alguma história).
    Tirando esse fato, as fotos ficaram lindas, o lugar é realmente bonito!

    bjus

    • 18 . 06 . 2017

      Ei Bia! Menina, é de chorar. Imagina, essas pessoas que não tiveram escolha melhor… ou nem tiveram escolha! Eu prefiro qualquer lugar onde as pessoas não sofram daquele jeito e onde não façam vista-grossa para esse descaso. Dubai me fez refletir bastante.

      Bejim :*