Jul 11, 16

O exército do padrãozinho wants YOU! Que mané organizar feed o quê

Devaneios
Dec 22, 15

Quanto custa morar em Londres? dinheiro na mão é vendaval

Vida em Londres
Aug 22, 15

Sobre ser imigrante

Londres
Aug 31, 16

Ah, essa blogosfera me proporciona cada coisa maravilhosa! Um mês atrás conheci a Nelinha, dona do Conversa Fiada, que também mora aqui em Londres. Nos encontramos e conversamos pra caramba (mais eu que falo igual um papagaio) e papo vai papo vem, surgiu o assunto de rolês e caminhadas, onde Nelinha me contou sobre a Capital Ring Walk.

O que é a Capital Ring Walk?

Pra explicar de maneira bem simples, a Capital Ring Walk é uma trilha/caminhada ao redor de Londres (literalmente, olhem só o mapa!). São 126km no total que são divididos em 15 partes. Cada parte começa em um borough (bairro/área) e termina em outro, onde a próxima parte deve ser iniciada (ou não – você pode escolher não seguir uma ordem). Nela você tem a oportunidade de ver bastante natureza, locais de interesse e muita coisa bonita. É um jeito super alternativo de conhecer e aprender sobre Londres!

Capital Ring Walk map

Parte 1/15: De Greenford até South Kenton

Data: 27 de Agosto de 2016
Duração: 4 horas
Distância percorrida: 8.8km
Principais pontos de interesse: Paradise Fields, Grand Union Canal, Horsenden Hill and Wood (Ladeira e floresta de Horsenden), Harrow School e Northwick Park.

05 - CRW Greenford to South Kenton - August 27, 2016

Nos encontramos por volta de 12h na estação de Greenford (Central line | Zona 4) e levamos uma surrinha básica na hora de achar onde o raio da trilha começava. Rapidinho nos situamos e demos início à caminhada, primeiro passando por Paradise Fields, uma reserva natural bem bonitinha, onde fica o Grand Union Canal que é um canal/aqueduto/rio/seiláoque super fotogênico, um pouco parecido com Little Venice. Esse canal é bastante frequentado por ciclistas que te agradecem gentilmente toda vez que você dá espaço pra eles passarem. Achei fofo.

De lá fomos seguindo as placas de sinalização até Horsenden Hill, onde QUASE MORREMOS (bem, eu sendentária quase morri, Nelinha tava firme e forte) porque era uma subidona bem íngreme (aí entendi o porquê do “hill”) no meio de uma trilha onde a mata era bem fechada. Quando achei que estávamos quase terminando, MAIS SUBIDA! Mas no final valeu a pena porque a vista de lá era simplesmente maravilhosa, é uma pena não ter um mirante porque daria pra ver a cidade toda.

Depois disso infelizmente começou a chuviscar. Guardamos as câmeras nas mochilas e continuamos a subir a ladeira até chegar na Harrow School, uma das escolas mais famosas, mais antigas e mais caras (£30k por ano!) do mundo. Essa foi a parte que eu mais amei de todo o trajeto, eu não tinha nem ideia que essa área era tão linda. Como ainda chovia um pouco eu quase não tirei foto dessa parte, tirei uma ou duas do celular mas não prestaram :(

A caminhada de Harrow até Northwick Park foi bem tranquila, esse parque é bem grandão e aberto. Foi  o último lugar no itinerário antes de terminar o trajeto na estação de metrô de South Kenton e ir embora pra casa.

*As fotos abaixo são todas do Paradise Fields e Grand Union Canal, tiradas enquanto eu ainda lembrava que minha câmera existia :(

01 - CRW Greenford to South Kenton - August 27, 2016 02 - CRW Greenford to South Kenton - August 27, 2016 07 - CRW Greenford to South Kenton - August 27, 2016 03 - CRW Greenford to South Kenton - August 27, 2016 04 - CRW Greenford to South Kenton - August 27, 2016

Observações, o que eu aprendi, e coisas para melhorar

– Eu me achei um pouco despreparada. Fiquei enrolando e não pesquisei quase nada sobre essa primeira parte, por isso deixei de ver muita coisa legal ao longo do caminho.

– Não imprimi mapas e fomos seguindo tudo no celular da Nelinha (descanse em paz, bateria). Mal sabia eu que o TFL (transport for London) tinha arquivos disponíveis para download onde eles explicavam o caminho inteiro, timtim por timtim!

– Tomar nota do que eu vejo/onde eu tô. O post ficou mal feito porque eu ~boiei~ bastante e não prestei atenção direito nas coisas que estavam ao meu redor.

– Documentar melhor. Seria bacana se fizéssemos uma foto nossa para cada parte do trajeto, mas acabamos esquecendo :( E também tirei pouquíssimas fotos de tudo (sempre acontece), queria ter mais recordações desse dia.

– Não comprei comida com antecedência, o que foi um erro! O lugar mais movimentado que passamos foi por uma avenida em Sudbury, que apesar de ter bastante comércio, não tinha muita opção de comida que matasse a fome de verdade. Aí acabamos comendo um chips e uns biscoitinhos, deu pra despistar o estômago!


Já estamos combinando de fazer muito em breve a parte 2/15 do trajeto, que vai ser de South Kenton até Hendon. Prometo ficar mais alerta!

Links úteis:
Transport for London – Todas as 15 rotas bem explicadinhas
Mapa de todas as rotas da Capital Ring Walk – O que a Nelinha usou pra nos guiar!

Jun 04, 17
Capital Ring Walk: De Stoke Newington até Hackney Wick
Jun 01, 16
Bom dia, Londres!
May 04, 16
Passeio de barco no London Waterbus
Aug 14, 16
Devaneios  •  Pessoal
IMG_0669

Tirei essa foto hoje à tardinha, tava morrendo de saudade de fotografar. Já não encosto na minha câmera há uns 4 ou 5 meses!

É uma história meio complicada, mas quando mudei deixei minha câmera e todo meu equipamento de fotografia guardados na casa de uma pessoa que eu confio, e já que ainda não me sinto completamente segura na casa nova, prefiro manter ela em outro lugar enquanto as coisas se acertam. Eu até tinha um seguro contra danos/perda/furto, mas por algun$ motivo$ tive que cancelar. Assim como também cancelei minha assinatura do Photoshop e Lightroom, então fica difícil editar qualquer coisa. Cheguei a experimentar um ou dois programinhas free, mas – pra variar – não me acertei com nenhum. Alguém tem alguma dica?

Acho que é TPM mas tô meio chorosa por não poder pagar nove fucking pounds pela assinatura mensal do LR, mas acaba que no final do mês tudo pesa: £9 do Lightroom, £20 do seguro, £10 disso, £15 daquilo… É tempo das vacas magras e não tô podendo bobear. É nessas horas que a gente se vê completamente adulta: Abrindo mão de todo e qualquer pequeno prazer pra pagar conta.

Trabalhar pra viver ou viver pra trabalhar?

Mar 04, 16
Coisas boas acontecem, sim
Aug 22, 15
Sobre ser imigrante
Jun 13, 16
Bitter
Jul 29, 16

Não vou mentir, eu tinha um certo preconceito contra Brighton. Não sei explicar porquê, mas na minha cabeça era uma cidade gordurenta, com cheiro de peixe morto, cheia de gente bêbada e fedendo cerveja choca. Sábado passado entrei no trem sem muita esperança e já me preparando mentalmente para a decepção. Claro que mordi minha língua né mores?

Brighton - Uai Babi

Chegando lá, ao sair da estação de trem, dei de cara com o oposto do que eu pensava: Uma cidade alegre, viva e animada. Não existem adjetivos melhores que esses pra explicar a vibe de Brighton. É um anti-depressivo perfeito pra quem tá se sentindo meio xôxo e diferentemente de Londres, que tem um ar mais profissional, BHT é como se fosse a prima descontraída de LDN. Confesso que até cogitei a possibilidade de juntar meus panos e me mudar pra lá.

Fiquei por lá um dia só e digo que não foi suficiente pra fazer tudo que eu queria. Mas pude conhecer o famoso píer (mas não fui em nenhum brinquedo), almocei fish & chips, tomei sorvete, sentei na beira da praia… Faltou perambular mais pela cidade, tomar todas umas num pubzinho legal (cheio de pubs bacanas lá), ir em todos os brinquedos, entrar na água…

Mas eu volto, Brighton. Eu volto.

May 04, 14
Winkworth Arboretum
May 09, 13
Turistando na Itália – Veneza
Jun 14, 15
Turistando: Stonehenge e Old Sarum
Página 5 de 35
1 ...123456789... 35››