Jun 18, 17

Dubai.

Rolês pelo mundo
Sotaques Inglês Britânico
Feb 14, 17

Inglês britânico na prática #1: Sotaques de Londres luiza tá atenta?

Cultura
Dec 22, 15

Quanto custa morar em Londres? dinheiro na mão é vendaval

Vida em Londres
Dec 11, 16

Por cinco anos eu venho escondendo meu aniversário do pessoal do trabalho. Peço folga, entro de férias alguns dias antes, ou nem menciono a ocasião pra ninguém. Só que esse ano eu não tive escapatória, e quando descobriram na segunda que eu fazia aniversário na sexta, já começou o alvoroço pra decidir onde nós iríamos comemorar – só que péra, eu não gosto (ou pelo menos não gostava) de comemorar aniversário!

Acabou que – graçazeus depois de muita insistência da minha parte – ninguém cantou parabéns (isso me mata) ou comprou bolo, mas comemoramos de forma simples os vinte e sete. O mais interessante foi ver que, ao contrário do que eu pensava, nem todo mundo lá no meu trabalho me odeia (eu tenho fama de stress-head, HE HE HE) e passei o dia rodeada por chocolates e muitas flores enfeitando minha desk.

Duas horas da tarde e eu tava no trabalho bebendo vinho na minha caneca de café. Só sei que às 5 eu já não estava muito sã e descemos todos pro pub que fica logo ao lado. Meu patrão (mó gente boa), não deixava ninguém de copo vazio. Dancei igual uma descontrolada.

Duas canecas de vinho, duas Kopparbergs (que trem gostoso da p*rra, muito fácil entrar em coma alcóolico com aquilo), 3 shots de Jägerbombs, e um whiskey com coca-cola. Não sei como eu consegui ir embora, mas tendo a mãe e o pai que eu tenho não é de se admirar que eu tenha uma certa tolerância alcoólica. Quem me conhece vai estranhar esse post porque sabe que se eu bebo 1 pint de cerveja a cada 6 meses é muito. :)

Só fechei a noite anterior hoje na hora do almoço, encontrei Nelinha e batemos aquele PF nervoso em um restaurante brasileiro em Camden. Tinha um bifão debaixo desse ovinho frito que tava ó, diliça.

Nov 11, 14
Sobre crise dos 25, rotina e um desabafo.
Apr 14, 17
Inventário #3
Dec 22, 15
Quanto custa morar em Londres?
Oct 29, 16

Andanças / Mudanças / Lembranças

Alice in Wonderland Graffiti - Uai Babi

Demorei 26 anos pra perceber um traço óbvio da minha personalidade: A dificuldade enorme que eu tenho de dar continuidade às coisas que eu começo. Primeiro comecei a aprender italiano, desisti depois de algumas semanas. Depois foi academia, parei depois de 2 meses. Depois inventei de aprender – veja bem – dinamarquês. Eu tava até indo bem, mas novidade: também larguei pelas metades. Aí teve a época do InDesign, fiquei obcecada lendo tutoriais por algumas semanas e depois nunca mais nem abri o programa de novo. Não vou mentir e dizer que isso não me incomoda, mas vou fazer o quê? Continuar sem vontade? Já tenho obrigação demais nessa vida.

Fitzroy Square - Uai Babi

E tô de mudança novamente (não pra casa da foto acima, infelizmente), na verdade voltando pra onde eu nunca deveria ter saído. Os últimos 6 meses morando em uma outra área mais perto do trabalho foram ótimos, mas não tem jeito: SouNW1de coração. Aqui eu fico mais tranquila – além de economizar uma nota braba na hora do aluguel. Só vou sentir falta demais da Sophie, a felina anciã (15 anos and counting).

Fitzroy Square - Uai Babi

Vou aproveitar a mudança pra dar um jeitinho em certos cômodos da casa que estavam meio largados. Tá precisando pintar, quero tirar esse carpete maldito e colocar algo de madeira, doar/dar sumiço em umas coisas que eu não uso e tão só ocupando espaço. Aliás, tô com essa impressão: Que tá tudo cheio demais. Quero fazer um de-cluttering. Tô tão concentrada na missão que fiz até umpainel de inspiraçãono Pinterest com layouts similares ao daqui de casa.

Agora vou ali arrumar umas gavetas.

Jun 22, 16
Inventário
Dec 22, 15
Quanto custa morar em Londres?
Oct 06, 17
Inventário #4
Oct 12, 16

Já repararam que é nessa época do ano que as séries mais prometedoras costumam estrear, né? Pois é. Depois que a sexta temporada de GoT acabou, eu fiquei órfã de série e não tava assistindo absolutamente nada. Quando batia aquele tédio inevitável, eu acabava recorrendo à minha lista de séries-fundo-de-poço, que são aquelas que eu vejo 15 minutos e caio no sono.

Meu gosto pra série é o seguinte: Gosto de fantasia. Falou que tem coisa que não existe? É comigo mesmo. O trem fica mió ainda se tiver séquisso, sangue e palavrão (não necessariamente nessa ordem). E se você não bate bem da cabeça e tem um gosto parecido com o meu, vale a pena dar uma olhadinha nessas que eu vou indicar, ó:

— The Magicians —

Essa série na verdade estreou ano passado, mas já há tempos queria falar dela aqui no blog. Nada que envolva mágica e vilões alternativos tem funcionado pra mim (porque desde Harry Potter tudo tem sido tão sem graça), então comecei a ver essa série sem esperar muita coisa. The Magicians é uma mistura de Harry Potter + Sobrenatural, só que com mais palavrões e mais sexo (cês devem tá me achando A pervertida). De primeira eu confesso que fiquei meio pé atrás com a interpretação dos atores e achei a atuação meio enferrujada. Mas prometo que tudo isso melhora bastante nos próximos episódios quando dão um pouco de profundidade para os personagens principais e pra história.

Vi um pessoal reclamando que os personagens da série são/aparentam ser mais velhos que os do livro, mas pra mim – ando com uma certa pirraça de séries com personagens adolescentes – isso é um ótimo detalhe!

— The Exorcist —

Trauma de infância! Só há alguns meses atrás eu comecei a tentar superar o extremo pavor que eu tenho de assistir qualquer coisa com esse tema. Sabe o clássico de 1973? Nunca assisti. Cago de medo mesmo e sou daquelas que chega a dormir com luz acesa só de ver sem querer uma propaganda desses filmes passando na televisão.

Daí vi que essa série iria sair esse Outono e achei que em pequenas doses o medo seria controlável, e olha, tá sendo. Quem é frouxiane igual eu vai achar meio tenso na hora que ver todos os efeitos especiais (que são ótimos!). Na Escala Barbarística de Níveis de Cagaço, essa série dá 8/10.

A história é a mesma que cês já conhecem então não vou perder meu tempo: Adolescente, capiroto, padre e de brinde alguns outros personagens pra engrossar o caldo. Ainda tá nos primeiros episódios e tô curiosa pra ver como essa história vai ser desenrolada. Espero de verdade que a série não seja como Damien – também é inspirada em um filme clássico – que começou boa pra caramba e deixou muito a desejar no final da primeira temporada.

— Westworld —

Essa tá dando o que falar e cês já devem ter lido alguma resenha por aí. Tão falando que veio pra preencher o buraco que Game of Thrones deixou no nosso coração, e os primeiros dois episódios cumpriram esse papel lindamente. Nunca imaginei que iria gostar de uma série que se tratasse de robôs e cowboys, pra mim as duas coisas nunca poderiam se relacionar dentro da trama de uma série só.

A história é meio loka: Em algum lugar construíram um parque temático super-realistico onde os humanos podem visitar (pagando, claro) e interagir com robôs – que não tem consciência de que são robôs. Os humanos vão, aprontam de tudo, matam, estupram, e no final desse ~acampamento de verão~ tudo é resetado, os humanos vão embora, a memória dos robôs é apagada e o enredo reiniciado completamente pronto pra receber os próximos visitantes. CLARO que em algum momento ia dar merda, né?

Um dos diretores é o J.J. Abrams (Lost!1!1) e tem umelencoimpecável. E migues, se tem Anthony Hannibal Hopkins só pode ser coisa boa!


Cês já conheciam alguma dessas séries e se sim, gostaram? Quais as preferidas de vocês?

Outlander, dicas de séries, Jamie Fraser,
Sep 20, 14
Dica de série: Outlander
O Pequeno Príncipe - Uai Babi
Mar 03, 15
O Pequeno Príncipe e eu
May 09, 15
Duas séries que eu tô amando!
Página 8 de 40
«1 ...456789101112... 40››