Jun 18, 17

Dubai.

Rolês pelo mundo
Sotaques Inglês Britânico
Feb 14, 17

Inglês britânico na prática #1: Sotaques de Londres luiza tá atenta?

Cultura
Dec 22, 15

Quanto custa morar em Londres? dinheiro na mão é vendaval

Vida em Londres
Oct 09, 16

1) qual foi a última coisa que você escreveu num papel?
No trabalho: “BsAs port transfers USD44pp”. Para um cliente que vai fazer um cruzeiro.

2) o que está sempre na sua bolsa?
Uns recibos antigos, farelo de biscoito, e um cheiro de cigarro que não sei de onde vem já que eu nem fumo. Fora isso tem as chaves do trabalho, manteiga de cacau e umas moedas jogadas #itblogger

3) o que você costuma pedir num café?
Um latte. O maior que eles venderem, tipo o Venti do Starbucks.

4) quais websites você visita diariamente?
Bloglovin, Pinterest e alguns sites de notícias que só servem pra me deprimir.

5) para quem você liga quando está triste/com raiva?
Quando eu tõ triste eu não ligo pra ninguém. Quando tô com raiva geralmente ligo pra minha mãe pra desabafar, aí passa rapidinho. Mas não curto ficar colocando problema meu na cabeça dos outros.

6) de que cor é a sua escova de dentes?
Branca e azul. Acho que produto de higiene pessoal tem que ser dessa cor. Pra mim não faz o menor sentido ter uma escova de dentes toda vermelha, por exemplo. Só eu que tenho essas manias doidas?

img_1942

7) você tem piercings?
Hoje em dia não mais, mas já tive um na língua, no umbigo, e um transversal. Os três ao mesmo tempo.

8) qual a melhor época do ano na Inglaterra?
Pra mim as melhores épocas aqui são outono, inverno e primavera. Qualquer coisa que não faça calor demais. Minha vontade de viver reaparece quando percebo que vou precisar de um cachecol pra sair na rua.

9) o que deixa você realmente triste?
Lembrar de como eu era uma pessoa completamente diferente 6 ou 7 anos atrás e não gostar nada de quem eu sou hoje. Mudei e não tenho certeza que foi pra melhor.

10) o que deixa você realmente feliz?
Viajar. Sair pra fotografar de manhã no friozinho e comprar um latte quentinho no caminho, ir em alguma parte da cidade que eu nunca tenha ido.

11) qual o seu emprego dos sonhos?
Algo em que eu tenha liberdade. Sempre me dou bem em trabalhos que me deixam livre pra resolver as coisas, não consigo trabalhar sob pressão com um chefe chato bufando no meu cangote. Acho que ninguém consegue, né?

12) você assina alguma revista?
Não, nunca. Já quis assinar muita coisa, though. Meu sonho de antigamente era assinar a Galileu e Superinteressante. Adorava!

42-amsterdam-october-09-2016

13) qual foi a última coisa que você comprou?
Hmmm uma blusa na Primark que custou 5 rainhas. Tô numa pitimba tão grande que passou de 5 conto pra mim já é caro.

14) você gosta de comida chinesa?
Olha, não sei. Só comi uma caixinha de arroz com seiláoquê que comprei uma vez em Leicester Square, então não sou capaz de opinar. No dia que eu comer algo em um restaurante chinês preparados por chefes chineses eu conto pro cês.

15) qual foi a última vez em que você esteve numa igreja?
Caramba, nem lembro viu. Acho que no mínimo há uns 10 anos atrás e nem lembro qual foi a ocasião.

16) qual foi a última pessoa que fez algo realmente especial para você?
Minha mãe, todos os dias. Ela tem me ajudado bastante nessa fase trevosa que eu tô vivendo.

17) você já esteve em uma ambulância?
Não, e nem quero estar.

18) você consegue enrolar a própria língua?
Ué, tipo dobrar? Consigo.

38-amsterdam-october-09-2016

19) quanto tempo leva para se vestir antes de sair?
Pra me vestir nao demoro 5 minutos. Pra fazer cabelo e maquiagem (se é que posso chamar aquilo de maquiagem), demoro uns 30 minutos (sou lerda).

20) você fala palavrão?
Demais da conta e sempre fui assim. As vezes fico tentando me corrigir, parar. Mas faz parte de mim ¯\_(ツ)_/¯

21) você já acampou?
Já! Uma vez em Lavras Novas, uma cidadezinha no interior de Minas Gerais, e uma outra vez há muitos anos na Serra do Cipó. Eu AMO acampar (só não gosto quando chove por motivos óbvios). Isso deveria entrar pra lista de coisas que me fazem feliz!

22) quantos irmãos você tem?
Nenhum, infelizmente. As vezes fico pensando no quão diferente a vida seria se tivesse.

23) qual é o seu nível educacional?
Ensino médio completo. Não fiz faculdade (ainda), mas é uma das minhas maiores vontades e já chorei demais por causa disso. Tenho um ataque de pelanca toda vez que vejo alguém reclamado da faculdade. Count your blessings privileges. a

24) em quais lugares você já morou?
Em termos de cidades diferentes, duas ou três. Em termos de casas em bairros diferentes, pqp, umas 20. Sempre fui muito cigana, principalmente depois dos 16 anos.

44-amsterdam-october-09-2016

25) qual a parte favorita do seu corpo?
Sinceramente não tenho nenhuma. Antigamente eu gostava do meu cabelo, mas não mais agora que ele tá todo detonado. Gosto bastante da minha pinta no queixo também. E só.

26) qual a parte menos favorita do seu corpo?
Minhas coxas que são muito grossas e não me deixam usar short. E minhas peitchas que também são muito grandes e me dão dores nas costas e de cabeça na hora de comprar sutiã e usar certas roupas. É ruim dormir de bruços quando se tem peitão, galere.

27) você acha importante celebrar aniversários?
Celebrar o meu perdeu a graça, já não comemoro há anos. Mas faço questão de lembrar dos das minhas amigas. Pra mim aniversário é uma coisa meio depressing depois que a gente cresce, sei lá.

28) você tem roupas da sua infância?
Minha mãe guardou algumas até 10 anos atrás, quando viemos pra Inglaterra. Não sei onde foram parar depois disso :(

29) uma coisa ruim sobre ter um blog?
A pressão que rola por aí de ter que criar um conteúdo ~útil e diferente~. Parece que todo mundo acha que blog hoje em dia tem que ser algo rentável, se você não tá fazendo dinheiro com ele você tá perdendo tempo. Eu tenho um blog pelo simples motivo de gostar de escrever e registrar minhas coisas, ponto final. Quem gostar gostou, mas não tenho obrigação de agradar ninguém.

30) quantos copos de água você bebe por dia?
Sou péssima pra beber água, se bebo um copo por dia é muito. Já tentei ser dessas pessoas que bebem 2L por dia mas não dá, não consigo.

40-amsterdam-october-09-2016

31) a que horas você vai dormir?
Tenho fases. Tem época que eu vou dormir depois de meia-noite e tem época que eu pego no sono às nove. Eu sempre durmo muito mal e também tenho terror noturno misturado com sonambulismo. Quem já dormiu comigo/perto de mim tem cada história pra contar…

32) matérias preferidas na escola?
História e às vezes Geografia, Português e Inglês.

33) batata frita ou doces?
Doces, mil vezes doces. Tô falando de coisa tipo pavê, brigadeiro, pudim, sascoisa. Tenho um vício terrível de Twix com Red Bull!

34) último filme que você assistiu:
Miss Peregrine’s home for peculiar children. Não foi tão bom quanto eu esperava.

35) a coisa mais romântica que você já fez:
Não romântica e não sou de ficar babando em cima de namorado.

36) o presente ideal para alguém que se hospeda na sua casa levar:
Imãs de geladeira, cartões postais ou qualquer lembrancinha assim.

Copo do Starbucks

37) qual a idade do seu pai?
Não tenho certeza. Uns 54 provavelmente.

38) você já saiu no jornal?
Nunca. Talvez sairia por alguma noticia mirabolante, tipo ‘jovem sofre parada cardíaca após tomar 20 Red Bulls e 15 cafés em um espaço de 4 horas’.

39) uma citação favorita?
Não é uma frase, mas eu tenho tentado mentalizar bastante esse vídeo aqui embaixo. Clique em “CC” e escolha a opção para habilitar as legendas.

40) qual a sua cor de esmalte favorita?
Roxinho claro, burgundy, preto e alguns nudes. Eu rôo as unhas da mão, então só uso essas cores nas raras vezes que deixo elas crescerem. Nos pés eu curto cores mais clarinhas.

41) em quem você se inspira?
Me inspiro na paciência e dedicação da minha mãe. Na força de vontade e determinação da minha amiga Lívia. Na gentileza e integridade da minha amiga Jenifer.

42) você é vaidosa?
Já fui mais, hoje em dia não sou tanto. Antigamente eu tinha vários ~rituais~ semanais que eu seguia rigorosamente, mas com o passar dos anos fui deixando essas coisas de lado. Não tenho mais tanto tempo e paciência quanto eu tinha antes.

1

43) existe algo que você gostaria de comprar mas ainda não teve a oportunidade ou dinheiro?
Uma casa provavelmente. Fora isso eu tenho uma lista no Excel de coisas bobas que eu quero comprar durante o ano com nome, preço e link de onde comprar. Tem lá: iMac (esse demora!), uma bolsa, um relógio e um casaco de inverno que presta.

44) como foi seu noivado?
Que noivado? :P

45) você prefere comprar roupas, bolsas ou sapatos?
Se eu tiver que escolher entre um dos três eu prefiro comprar roupas, mas não sou muito de sair pra fazer aloka nas lojas. Morro de preguiça de experimentar e quase não compro.

46) você se sente jovem ou velha para a sua idade?
Apesar da cara de criança, me sinto bem mais velha em certos aspectos. Mas em outros ainda tenho a cabeça boba de uma pirralha de 11.

47) quais são os seus maus hábitos?
Meu pior hábito/mania é roer unha desde criança, de vez em quando dou um tempo mas sempre acabo voltando. Também tenho hábito de trocar as fronhas do meu travesseiro dia sim, dia não. Também tenho uma certa obsessão com cheiros, pra mim tudo tem que tá cheiroso o tempo todo. A loka do Bom Ar, oauehoaiueha.

48) o que você vai fazer quando terminar de responder essas perguntas?
Arrumar o quarto, tomar um banho e assistir Westworld :D


Vi no blog da Lolla.

Sep 19, 17
Tag: Louca por fotografia
May 11, 16
Tag: Como você era nos tempos de escola?
Sep 23, 16

Eita que finalmente, depois de 3 longos anos, fiz uma viagem que não fosse para o Brasil. Peguei 15 dias de férias do trabalho e semana passada eu e o companheiro resolvemos passar uns dias em Amsterdã.

Saímos daqui no Domingo (18/09) e voltamos na Quarta (21/09), que era quando o hotel e as passagens de avião estavam mais baratas. O vôo é rapidinho e dura por volta de 1 hora. Voamos direto para o aeroporto Schiphol ~srripol~, onde também fica a estação de trem. Compramos um ticket de 3 dias que valia em praticamente todos os tipos de transporte na cidade e custou apenas €25. O meio de transporte mais usado em AMS é o Tram, que é ótimo! Em nenhum momento tivemos que esperar mais que 5 minutos até que o próximo viesse.

Ficamos em um hotel 3* bem baratinho chamado Bastion Amsterdam Zuidwest, que fica na região Oeste da cidade, bem pertinho do Rembrandt Park. Achei conveniente por ser perto do ponto de tram, 20 minutos de distância do centro e 10 do aeroporto. Única coisa que não gostei foi do preço do café da manhã: €15 por dia por pessoa. Com esse esses 15 contos compramos comida no supermercado que foi o suficiente para os 4 dias que ficamos lá.

Deixamos nossas tralhas no hotel e fomos bater perna. Chegando no Centrum eu pude ver como os holandeses realmente amam bicicletas. Gente, sem exagero, é bike pra cacete, parece que elas brotam do chão. É *muito* fácil ser atropelado, tem que ficar esperto e olhar 10 vezes antes de atravessar a rua!

No primeiro dia batemos perna sem destino, meio que um reconhecimento de campo. Todos os dias andávamos em média de 8km a 10km, e apesar da internet do meu telefone não funcionar na rua e não poder usar o Google Maps, conseguimos nos localizar bem. Quando precisamos de ajuda os Holandeses foram extremamente simpáticos e solícitos, educadíssimos e sempre dispostos a ajudar. Davam uma risadinha toda vez que eu soltava um ~rrudemorren~ de bom dia e um ~dank u wel~ de obrigada. Sério, eles são uns amorzinhos e acho que me apaixonei umas 87493 vezes rua afora. Só achei que passaram a perna na gente uma vez que cobraram 15 conto por um suco de laranja (nem era natural) e uma cerveja!

Amsterdam

Coisa pra fazer é o que não falta por lá. Mas como estávamos sem muita grana não visitamos muitos lugares, já que a maioria deles eram pagos. Fomos no Amsterdam Museum, que conta a história da cidade, e também fizemos um mini-cruzeiro que levava aos principais canais de Amsterdã. Passamos pelo Bloemenmarkt, um mini-mercado de flores, visitamos (mas não entramos) a Oude Kerk, assim como também outras igrejas famosas. Só fiquei chateada de não ter entrado na casa da Anne Frank, nas três vezes que passamos por lá a fila tava quilométrica :(

amsterdam-2

Amsterdã tem muita gente nova e bonita, é ideal tanto pra quem quer curtição quanto pra quem quer um rolê mais tranquilo. É incrivelmente tolerante e acolhe todos os gostos, não dá pra não se apaixonar.

Gente, foi muito difícil escolher essas fotos. Tirei foto pra caramba e se eu fosse colocar tudo nesse post eu ia carroçar o blog mais do que já tá carroçado. Então quem quiser ver todas as fotos é só clicar nas setinhas da galeria aqui embaixo, ou visitar meu Flickr diretamente, okay? :)

Amsterdam, September 16

Tot ziens, Amsterdam!

Oct 25, 17
Viagem pela América do Sul #1: Roteiro
Nov 18, 15
Rolê em São Thomé das Letras
Apr 26, 15
Turistando em Brick Lane
Aug 31, 16

Ah, essa blogosfera me proporciona cada coisa maravilhosa! Um mês atrás conheci a Nelinha, dona do Conversa Fiada, que também mora aqui em Londres. Nos encontramos e conversamos pra caramba (mais eu que falo igual um papagaio) e papo vai papo vem, surgiu o assunto de rolês e caminhadas, onde Nelinha me contou sobre a Capital Ring Walk.

O que é a Capital Ring Walk?

Pra explicar de maneira bem simples, a Capital Ring Walk é uma trilha/caminhada ao redor de Londres (literalmente, olhem só o mapa!). São 126km no total que são divididos em 15 partes. Cada parte começa em um borough (bairro/área) e termina em outro, onde a próxima parte deve ser iniciada (ou não – você pode escolher não seguir uma ordem). Nela você tem a oportunidade de ver bastante natureza, locais de interesse e muita coisa bonita. É um jeito super alternativo de conhecer e aprender sobre Londres!

Capital Ring Walk map

Parte 1/15: De Greenford até South Kenton

Data: 27 de Agosto de 2016
Duração: 4 horas
Distância percorrida: 8.8km
Principais pontos de interesse: Paradise Fields, Grand Union Canal, Horsenden Hill and Wood (Ladeira e floresta de Horsenden), Harrow School e Northwick Park.

05 - CRW Greenford to South Kenton - August 27, 2016

Nos encontramos por volta de 12h na estação de Greenford (Central line | Zona 4) e levamos uma surrinha básica na hora de achar onde o raio da trilha começava. Rapidinho nos situamos e demos início à caminhada, primeiro passando por Paradise Fields, uma reserva natural bem bonitinha, onde fica o Grand Union Canal que é um canal/aqueduto/rio/seiláoque super fotogênico, um pouco parecido com Little Venice. Esse canal é bastante frequentado por ciclistas que te agradecem gentilmente toda vez que você dá espaço pra eles passarem. Achei fofo.

De lá fomos seguindo as placas de sinalização até Horsenden Hill, onde QUASE MORREMOS (bem, eu sendentária quase morri, Nelinha tava firme e forte) porque era uma subidona bem íngreme (aí entendi o porquê do “hill”) no meio de uma trilha onde a mata era bem fechada. Quando achei que estávamos quase terminando, MAIS SUBIDA! Mas no final valeu a pena porque a vista de lá era simplesmente maravilhosa, é uma pena não ter um mirante porque daria pra ver a cidade toda.

Depois disso infelizmente começou a chuviscar. Guardamos as câmeras nas mochilas e continuamos a subir a ladeira até chegar na Harrow School, uma das escolas mais famosas, mais antigas e mais caras (£30k por ano!) do mundo. Essa foi a parte que eu mais amei de todo o trajeto, eu não tinha nem ideia que essa área era tão linda. Como ainda chovia um pouco eu quase não tirei foto dessa parte, tirei uma ou duas do celular mas não prestaram :(

A caminhada de Harrow até Northwick Park foi bem tranquila, esse parque é bem grandão e aberto. Foi  o último lugar no itinerário antes de terminar o trajeto na estação de metrô de South Kenton e ir embora pra casa.

*As fotos abaixo são todas do Paradise Fields e Grand Union Canal, tiradas enquanto eu ainda lembrava que minha câmera existia :(

01 - CRW Greenford to South Kenton - August 27, 2016 02 - CRW Greenford to South Kenton - August 27, 2016 07 - CRW Greenford to South Kenton - August 27, 2016 03 - CRW Greenford to South Kenton - August 27, 2016 04 - CRW Greenford to South Kenton - August 27, 2016

Observações, o que eu aprendi, e coisas para melhorar

– Eu me achei um pouco despreparada. Fiquei enrolando e não pesquisei quase nada sobre essa primeira parte, por isso deixei de ver muita coisa legal ao longo do caminho.

– Não imprimi mapas e fomos seguindo tudo no celular da Nelinha (descanse em paz, bateria). Mal sabia eu que o TFL (transport for London) tinha arquivos disponíveis para download onde eles explicavam o caminho inteiro, timtim por timtim!

– Tomar nota do que eu vejo/onde eu tô. O post ficou mal feito porque eu ~boiei~ bastante e não prestei atenção direito nas coisas que estavam ao meu redor.

– Documentar melhor. Seria bacana se fizéssemos uma foto nossa para cada parte do trajeto, mas acabamos esquecendo :( E também tirei pouquíssimas fotos de tudo (sempre acontece), queria ter mais recordações desse dia.

– Não comprei comida com antecedência, o que foi um erro! O lugar mais movimentado que passamos foi por uma avenida em Sudbury, que apesar de ter bastante comércio, não tinha muita opção de comida que matasse a fome de verdade. Aí acabamos comendo um chips e uns biscoitinhos, deu pra despistar o estômago!


Já estamos combinando de fazer muito em breve a parte 2/15 do trajeto, que vai ser de South Kenton até Hendon. Prometo ficar mais alerta!

Links úteis:
Transport for London – Todas as 15 rotas bem explicadinhas
Mapa de todas as rotas da Capital Ring Walk – O que a Nelinha usou pra nos guiar!

Jun 01, 16
Bom dia, Londres!
Aug 18, 17
Capital Ring Walk: Beckton to Woolwich
Jun 04, 17
Capital Ring Walk: De Stoke Newington até Hackney Wick
Página 9 de 40
«1 ...5678910111213... 40››